0

Item(ns) adicionado(s) recentemente

Produtos no Carrinho: 0 Subtotal: R$ 0,00
COMPRAR TODOS OS PRODUTOS

Caminhar com Jesus

Disponível em estoque para envio imediato

Seja o primeiro a avaliar este produto

D. Álvaro redigiu um bom número de cartas pastorais dirigidas aos fiéis da Prelazia. Ele preferia chamá-las cartas de família porque utilizava uma linguagem simples e prática, que todos podiam compreender, independentemente da formação profissional ou cultural recebida. Nessas cartas, tratava dos mais diversos aspectos da conduta cristã, sempre atento a que os leitores pudessem extrair uma aplicação prática para a existência cotidiana. [...]

Dentre os variados temas espirituais abordados nessas cartas, o editor escolheu textos referentes ao ano litúrgico. Este era um dos temas preferidos de D. Álvaro na sua pregação e nas suas cartas pastorais, pois tornou próprio o conselho de São Josemaria: caminhar junto de Cristo ao compasso da liturgia.

Caminhar com Jesus

Click on above image to view full picture

Sumário

 

 

Nota do Editor

Apresentação

Advento

À espera do Senhor

Natal

Lições de Belém

Quaresma

Tempo de conversão e de penitência

Semana Santa

Acompanhar Jesus na paixão

Páscoa

A fonte da verdadeira alegria

Tempo Comum

Santificar a vida corrente

 

 

Apresentação

Sempre é uma grande alegria para mim falar ou escrever sobre Mons. Álvaro del Portillo, o meu predecessor à frente do Opus Dei, mas hoje faço-o com especial gratidão ao Senhor. Dedico estas linhas a apresentar um livro com alguns textos espirituais colhidos da sua pregação; deu-me um contentamento particular redigi-las justamente no ano do centenário do seu nascimento – que se completou no passado dia 11 de março –, e que coincide, além disso, com o da sua beatificação, no dia 27 de setembro.

A figura deste servo bom e fiel (Mt 25, 21) é um exemplo da prática das virtudes nas circunstâncias da existência cotidiana. Com efeito, D. Álvaro foi um cristão, um sacerdote, um bispo que encarnou fidelissimamente o espírito do Opus Dei. Assim se reconhece no decreto com o qual a Santa Sé proclamou que havia praticado todas as virtudes em grau heroico. «O Servo de Deus foi exemplo de caridade e de fidelidade para todos os cristãos. Encarnou e realizou integralmente e sem exceções o espírito do Opus Dei, que chama os cristãos a buscar a plenitude do amor a Deus e ao próximo através dos deveres e tarefas que fazem parte do nosso dia a dia [...]. Bem se pode dizer que essa é a descrição mais exata da atividade desenvolvida pelo Servo de Deus como engenheiro, como sacerdote e, finalmente, como Bispo. Em todas as suas atividades, entregava-se por inteiro, convencido de que participava da missão salvífica da Igreja mediante o cumprimento dos deveres de cada dia» (Decreto da Congregação para as Causas dos Santos, 28/06/2012).

Se fosse necessário destacar alguma virtude na vida de D. Álvaro, seria sem dúvida a da fidelidade, como o manifestou o decreto acima lembrado, e como se reconhece na oração com a qual milhares de pessoas recorrem à sua intercessão no mundo inteiro: «Deus, Pai misericordioso, que concedestes ao Bem-aventurado Álvaro, Bispo, a graça de ser, com a ajuda da Virgem Maria, Pastor exemplar no serviço à Igreja e fidelíssimo filho e sucessor de São Josemaria...»

D. Álvaro é muito conhecido pelas suas contribuições ao Direito Canônico. Desenvolveu uma rica doutrina em temas referentes ao laicato e ao sacerdócio ministerial, que influiu significativamente na redação de vários documentos do Concílio Vaticano II e do Código de Direito Canônico atualmente em vigor. Os seus livros Fiéis e leigos na Igreja e Escritos sobre o sacerdócio são marcos de referência para os estudiosos desses temas.

Como Prelado da Prelazia pessoal do Opus Dei, Álvaro del Portillo dedicou-se plenamente à sua tarefa pastoral. Pregou frequentemente a Palavra de Deus por meio de homilias e meditações, e difundiu a doutrina cristã de muitos outros modos. Nas numerosas reuniões que manteve com milhares de pessoas de todas as idades e condições – verdadeiros encontros de família –, sabia adaptar-se às circunstâncias de cada um e às necessidades dos tempos. Foram muitas as horas que dedicou à tarefa evangelizadora, durante os dezenove anos do seu serviço pastoral como Prelado do Opus Dei.

Além dessa intensa atividade, D. Álvaro redigiu um bom número de cartas pastorais dirigidas aos fiéis da Prelazia. Ele preferia chamá-las cartas de família, porque utilizava uma linguagem simples e prática, que todos podiam compreender, independentemente da formação profissional ou cultural que tivessem recebido. Nessas cartas, tratava dos mais diversos aspectos da conduta cristã, sem¬pre atento a que os leitores pudessem tirar uma aplicação prática para a existência cotidiana. É quase evidente dizer que, embora estejam dirigidas principalmente aos fiéis do Opus Dei, leigos e sacerdotes, também as pessoas que não pertencem à Prelazia podem beneficiar-se dos conselhos e sugestões de D. Álvaro, que têm a sua raiz no Evangelho. Dentre os variados temas espirituais abordados nessas cartas, o editor escolheu textos referentes ao ano litúrgico. Esse era um dos temas preferidos de D. Álvaro na sua pregação e nas suas cartas pastorais, pois tornou próprio o conselho de São Josemaria: caminhar com Cristo ao ritmo da liturgia.

Estas páginas conservam toda a sua atualidade – foram omitidas apenas algumas frases, ligadas ao momento histórico em que foram escritas – e podem ajudar o leitor a reviver, ano após ano, os acontecimentos da passagem de Cristo pela terra, que a Igreja apresenta na liturgia. Rogo a Deus, por intercessão da Santíssima Virgem Maria, recorrendo também a D. Álvaro, que estas páginas produzam muitos frutos espirituais nos leitores, ajudando-os a santificar-se na existência cotidiana, ao vivê-la – como D. Álvaro – com uma fidelidade extraordinária.

† Javier Echevarría, Prelado do Opus Dei Roma, 1º de maio de 2014

Memória litúrgica de São José Operário

D. Álvaro redigiu um bom número de cartas pastorais dirigidas aos fiéis da Prelazia. Ele preferia chamá-las cartas de família porque utilizava uma linguagem simples e prática, que todos podiam compreender, independentemente da formação profissional ou cultural recebida. Nessas cartas, tratava dos mais diversos aspectos da conduta cristã, sempre atento a que os leitores pudessem extrair uma aplicação prática para a existência cotidiana. [...]

Dentre os variados temas espirituais abordados nessas cartas, o editor escolheu textos referentes ao ano litúrgico. Este era um dos temas preferidos de D. Álvaro na sua pregação e nas suas cartas pastorais, pois tornou próprio o conselho de São Josemaria: caminhar junto de Cristo ao compasso da liturgia.
SKU 2948
Autor Álvaro del Portillo
Edição
Páginas 336
ISBN 978-85-7465-228-3
Formato 14 x 21 cm
Editora Quadrante

Quem Comprou, Comprou Também

Por: R$ 45,00

Ou até: 6x de R$ 7,50

ou R$ 45,00 à vista

Preços, produtos e condições de pagamento válidos exclusivamente para compras efetuadas no site, não valendo necessariamente para a loja física e televendas, sujeitos a alteração sem aviso prévio. Ofertas válidas durante o dia de hoje ou enquanto durarem nossos estoques para internet. Parcelamento em até 6x (sem juros) somente através de cartão de crédito para os produtos devidamente sinalizados e com parcela mínima de R$ 1. Vendas sujeitas à análise e confirmação de dados. Imagens dos produtos são meramente ilustrativas. Produtos sujeitos a entrega conforme disponibilidade em estoque.

Copyright 2015 www.quadrante.com.br - Todos os Direitos Reservados. Quadrante Sociedade de Publicações Culturais CNPJ: 50.866.276/0001-25

Loja Virtual por

Linkbiz

  Carregando...