ícone de carregamento

HOME / Khadji-Murát

Khadji-Murát
Khadji-Murát Ficção 8836

Khadji-Murát

Lev Tolstói Editora 34
0,0 / 5,0 (0 avaliações )

Descrição

Em 1893, Lev Tolstói anotava em seu diário: A forma do romance acabou. Com isso o velho conde não queria dizer que estava no fim de suas forças. Muito pelo contrário: iniciava-se aí uma luta que levaria o autor de Guerra e paz e Anna Kariênina à criação de uma nova forma literária, com a concisão da novela, mas a abrangência e a multiplicidade de linhas narrativas dos seus grandes romances. O resultado é khadji-Murát, uma obra-prima redigida entre 1894 e 1905, publicada postumamente em 1912, e que se mostra de uma atualidade impressionante. Ambientada no Cáucaso, no front entre o exército russo de ocupação e a resistência armada dos povos islâmicos, ela acompanha - como num filme os movimentos do rebelde Khadji-Murát (1796-1852), empenhado na sobrevivência e na afirmação de seus valores. Em vinte e cinco capítulos curtos, a ação se desloca do campo tchetcheno para o russo e vice-versa, instaurando um jogo de perspectivas entre as duas culturas que torna o derradeiro livro de Tolstói um acontecimento revolucionário na sua estrutura e nos temas abordados. O volume se completa com o ensaio Tolstói: antiarte e rebeldia, em que o tradutor Boris Schnaiderman, com base nos diários do autor e em extenso material crítico, faz uma síntese esclarecedora da vida e obra do escritor, destacando a posição ímpar que Khadji-Murát ocupa na sua produção.
+ descrição completa
Produto Físico
DE R$ 55,00

POR: R$ 44,00

    Descrição do produto

    Em 1893, Lev Tolstói anotava em seu diário: A forma do romance acabou. Com isso o velho conde não queria dizer que estava no fim de suas forças. Muito pelo contrário: iniciava-se aí uma luta que levaria o autor de Guerra e paz e Anna Kariênina à criação de uma nova forma literária, com a concisão da novela, mas a abrangência e a multiplicidade de linhas narrativas dos seus grandes romances. O resultado é khadji-Murát, uma obra-prima redigida entre 1894 e 1905, publicada postumamente em 1912, e que se mostra de uma atualidade impressionante. Ambientada no Cáucaso, no front entre o exército russo de ocupação e a resistência armada dos povos islâmicos, ela acompanha - como num filme os movimentos do rebelde Khadji-Murát (1796-1852), empenhado na sobrevivência e na afirmação de seus valores. Em vinte e cinco capítulos curtos, a ação se desloca do campo tchetcheno para o russo e vice-versa, instaurando um jogo de perspectivas entre as duas culturas que torna o derradeiro livro de Tolstói um acontecimento revolucionário na sua estrutura e nos temas abordados. O volume se completa com o ensaio Tolstói: antiarte e rebeldia, em que o tradutor Boris Schnaiderman, com base nos diários do autor e em extenso material crítico, faz uma síntese esclarecedora da vida e obra do escritor, destacando a posição ímpar que Khadji-Murát ocupa na sua produção.

    Ficha técnica

    SKU8836
    AutorLev Tolstói
    Edição
    Páginas264
    ISBN9788573266641
    Formato14 x 21
    EditoraEditora 34

    Avaliação dos usuários

    0,0 / 5,0 (0 avaliações )
    Avaliações
    Este produto ainda não foi avaliado. Seja o primeiro a avaliar!
    Avaliar
    Avaliação:
    Fale sobre
    o livro:
    ícone
    CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS EXCLUSIVAS