Opus Dei

94 produtos encontrados
Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
por página
Direção Descendente
94 produtos encontrados
Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
por página
Direção Descendente

Opus Dei


O que é Opus Dei? Descubra tudo sobre sua origem e características

O Opus Dei (Obra de Deus em latim) é uma parte da Igreja Católica, uma instituição fundada em 2 de outubro de 1928 por São Josemaria Escrivá. A essência de sua mensagem é que todas as pessoas podem ser felizes no seu trabalho, família, convivência com amigos, lazer e em todos os aspectos da vida humana, esse caminho de plena felicidade é chamado em termos cristãos de santidade. "Todas as realidades humanas honestas, todas os trabalhos podem e devem ser um caminho, um meio de santidade, um encontro com Jesus Cristo. Santificar o trabalho, qualquer trabalho honesto, é fazê-lo para Deus e para os outros, o que exige fazê-lo bem. O trabalho nasce do amor e leva ao Amor em todas as circunstâncias da vida." comenta Monsenhor Fernando Ocáriz, escolhido pelo Papa Francisco em 23 de janeiro de 2017 como responsável pelo Opus Dei no mundo inteiro. O responsável da instituição é chamado de Prelado e mora em Roma, próximo ao Vaticano. Há vários livros escritos por São Josemaria Escrivá que ajudam muitos cristãos e não cristãos a pensarem sobre importantes temas da vida pessoal e do mundo: Caminho, Sulco e Forja (que contém pontos para reflexão de variados assuntos), Santo Rosário (reflexões sobre os mistérios da vida de Cristo e de Nossa Senhora), Via Sacra (descrição da Paixão e Morte de Cristo acompanhada de pontos para meditar). Há três livros que são coletâneas de homilias: É Cristo que passa, Amigos de Deus e Amar a Igreja. Também há um livro chamado "Entrevistas com Monsenhor Josemaria Escrivá" com entrevistas a jornalistas sobre o Opus Dei e diversos temas da vida da Igreja.

Opus Dei, a Igreja Católica e os Papas

Há mais de dois mil anos há Igreja Católica difunde no mundo a mensagem de fé, esperança e caridade para todas as pessoas. Ao longo dos séculos surgiram diferentes instituições e espiritualidades que acentuam determinados aspectos da vida e das palavras de Jesus Cristo. Nesse sentido o Papa Bento XVI afirma: "Cada Santo constitui uma espécie de raio de luz que brota da Palavra de Deus: assim o vemos também em Santo Inácio de Loyola na sua busca da verdade e no discernimento espiritual, em São João Bosco na sua paixão pela educação dos jovens...; em São Josemaria Escrivá na sua pregação sobre a vocação universal à santidade; na Beata Teresa de Calcutá missionária da caridade de Deus pelos últimos." A vocação universal à santidade significa esse desejo, esse chamado que todos os seres humanos possuem para serem plenamente felizes. Como afirma o Prelado Fernando Ocáriz: "É possível estar contentes no meio das incertezas, problemas, preocupações". Como a própria Igreja Católica, o Opus Dei é formado por todos os tipos de pessoas católicas: mulheres e homens, jovens e idosos, doentes e pessoas com saúde, de todas as classes sociais, de todas as raças e espalhados nos cinco continentes do mundo. A maioria dos fiéis do Opus Dei são pessoas casadas, mães e pais de família, há também solteiras e solteiros, que vivem o celibato para poder servirem mais a Igreja, entre esses uma parte são sacerdotes. Católicos e não católicos também podem participar das atividades de formação espiritual, cultural ou iniciativas sociais sem criar nenhum vínculo institucional. Os Papas sempre aprovaram e tiveram um grande carinho pelo Opus Dei. Papa Pio XII, São João XXIII, Beato Paulo VI, Papa João Paulo I, São João Paulo II, Bento XVI e Papa Francisco continuamente abençoaram e estimularam o crescimento de suas atividades de formação espiritual, humana e social. Em 28 de novembro de 1982, o Papa João Paulo II erigiu o Opus Dei em Prelazia Pessoal, termo técnico em Direito Canônico da Igreja Católica. Para quem quiser estudar mais detalhadamente a história de relacionamento com a Santa Sé e caminho jurídico percorrido pelo Opus Dei é recomendada a leitura do livro El itinerario jurídico del Opus Dei de A. de Fuenmayor, V. Gómez-Iglesias e J.L. Illanes. Há também um interessante artigo do Prof. Carlos José Errázuriz sobre o tema Prelazias Pessoais na Igreja Católica. O Prelado Fernando Ocáriz escreveu: "Para a Igreja, o Papa é Pedro que anuncia Cristo ao mundo proclamando a alegria do Evangelho." Ao longo da história, todos os Prelados rezam e pedem orações pelo Papa, além trabalhar em união e seguindo com prontidão as indicações da Cabeça da Igreja.

Principais livros sobre o Opus Dei

Há muitos livros que abordam as características da espiritualidade da Obra de Deus (também chamada muitas vezes de simplesmente Obra). Entre esses livros se destacam os próprios escritos de São Josemaria Escrivá, mencionados anteriormente, e os livros de outros autores como: Trabalhar bem, trabalhar por amor; Trabalho ordinário, graça extraordinária; Opus Dei: Estructura y Misión; DYA – La academia y Residencia en la historia del Opus Dei (1933-1939) e El Opus Dei. Una Explicación. Uma exposição sistemática da mensagem de São Josemaria sobre a santificação do trabalho e a vida cotidiana se encontra na trilogia Vida cotidiana y santidad en la enseñanza de San Josemaría de Ernst Burkhart e Javier López. Para as pessoas que desejam conhecer mais sobre o Opus Dei no Brasil existe o livro São Josemaria Escrivá no Brasil do Padre Francisco Faus, que conta sobre o história dessa instituição no Brasil e também narra detalhes sobre os dias da estadia em terras brasileiras do fundador no ano de 1974.

Biografias de São Josemaria Escrivá, o fundador do Opus Dei, e de outras pessoas da Obra

Há diversas biografias de São Josemaria Escrivá: O Homem de Villa Tevere; Recordações sobre Mons. Escrivá; Instrumento de Deus: Josemaría Escrivá; Sonhai e ficareis aquém; Josemaría Escrivá – Fundador do Opus Dei; Entrevista sobre o Fundador do Opus Dei; Perfil do fundador do Opus Dei e Homem que sabia perdoar. A biografia mais completa é O Fundador do Opus Dei em 3 volumes do autor Andrés Vázquez de Prada. Além disso, há várias biografias de mulheres e homens que foram os primeiros membros da Obra e atualmente estão em processo de canonização na Congregação da Causa dos Santos no Vaticano. D. Álvaro del Portillo, o primeiro sucessor do fundador foi proclamado Bem-Aventurado pelo Papa Francisco em 2014. Três leigos já foram proclamados Veneráveis: duas mulheres - Montse Grases e Guadalupe Ortiz de Landázuri - e um homem - Isidoro Zorzano. E há biografias de outros leigos casados e solteiros que faleceram com fama de santidade. Nesta página você pode adquirir a maioria dos livros citados anteriormente e diversos outros títulos sobre o tema.

Preços, produtos e condições de pagamento válidos exclusivamente para compras efetuadas no site, não valendo necessariamente para a loja física e televendas, sujeitos a alteração sem aviso prévio. Ofertas válidas durante o dia de hoje ou enquanto durarem nossos estoques para internet. Parcelamento em até 6x (sem juros) somente através de cartão de crédito para os produtos devidamente sinalizados e com parcela mínima de R$ 2. Vendas sujeitas à análise e confirmação de dados. Imagens dos produtos são meramente ilustrativas. Produtos sujeitos a entrega conforme disponibilidade em estoque.

Copyright 2015 www.quadrante.com.br - Todos os Direitos Reservados. Quadrante Editora CNPJ: 28.806.912/0001-74
Loja Virtual por

Trezo

  Carregando...