ícone de carregamento

HOME / Combo Jose Maria Rodríguez

Combo Jose Maria Rodríguez
Combo Jose Maria Rodríguez Coleções da Quadrante 11372

Combo Jose Maria Rodríguez

José Maria Rodriguez Ramos Quadrante Editora
0,0 / 5,0 (0 avaliações )

Descrição

Conhece-te a ti mesmo Sophie Scholl e seus amigos da resistência clandestina ao nazismo; o doutor Stockmann e a cegueira dos seus concidadãos; Ben-Hur e seu desejo de vingança; Adolf Eichmann e sua obsessão com o dever: o que esses e outros personagens, reais e fictícios, têm em comum? Todos, em maior ou menor grau, viram-se diante de verdadeiras provas de fogo éticas. E agiram de acordo com o que tinham dentro de si. Alguns deles nos legaram preciosos exemplos de integridade, ao passo que as ações de outros tiveram consequências catastróficas. É difícil agir eticamente sem autoconhecimento. Quem não sabe quem é, não saberá o que é bom nem para si nem para os outros. O hábito da reflexão nos leva a enxergar as próprias inclinações, a cultivar as virtudes e, principalmente, a formar a própria consciência, a fim de que a nossa vida se guie pelo que é certo, custe o que custar. «Conhece-te a ti mesmo»: a máxima gravada no Templo de Apolo em Delfos lembrava aos peregrinos de toda a Grécia que aquele que busca respostas para o seu destino deve começar a procurá-las dentro de si. Um trem que passa Na vida de todos nós passa um trem... ou vários. Um trem em que podemos subir ou que podemos deixar partir. O chefe da estação toca o sino. O maquinista apita. O vapor da locomotiva forma nuvens de fumaça, enevoando o ambiente. As rodas de ferro rangem e começam a girar lentamente. As pessoas despedem-se, acenando com lenços, e acompanham o movimento inicial da composição, que aumenta a marcha e, pouco a pouco, vence a inércia... Da plataforma, vê-se o trem afastar-se e diminuir de tamanho, rumo ao horizonte. Quem partiu nele, embarcou para uma aventura única e exclusiva. Já quem ficou, sente o vazio de não ter galgado os degraus da composição e sente sua alma rasgar-se na despedida. Não embarcou, deixou o trem partir... Quando passará o próximo? Talvez dentro de pouco tempo, talvez nunca. Nas páginas que seguem, narram-se algumas experiências de pessoas que não deixaram o trem partir. Descrevem-se, sempre que possível apoiado nos relatos dos próprios autores, as paisagens vitais que contemplaram durante a sua viagem e o destino das suas aventuras. Para subir no trem, todas essas pessoas – mulheres e homens – precisaram de determinação, coragem, espírito de aventura, audácia e juventude de alma.

Livros inclusos no kit:

Um trem que passa

Conhece-te a ti mesmo

+ descrição completa
Produto Físico
DE R$ 123,00

POR: R$ 85,90

Assinantes pagam: R$ 86,10. O que é isso?

Economize até R$ 36,90 (30%)

    Descrição do produto

    Conhece-te a ti mesmo Sophie Scholl e seus amigos da resistência clandestina ao nazismo; o doutor Stockmann e a cegueira dos seus concidadãos; Ben-Hur e seu desejo de vingança; Adolf Eichmann e sua obsessão com o dever: o que esses e outros personagens, reais e fictícios, têm em comum? Todos, em maior ou menor grau, viram-se diante de verdadeiras provas de fogo éticas. E agiram de acordo com o que tinham dentro de si. Alguns deles nos legaram preciosos exemplos de integridade, ao passo que as ações de outros tiveram consequências catastróficas. É difícil agir eticamente sem autoconhecimento. Quem não sabe quem é, não saberá o que é bom nem para si nem para os outros. O hábito da reflexão nos leva a enxergar as próprias inclinações, a cultivar as virtudes e, principalmente, a formar a própria consciência, a fim de que a nossa vida se guie pelo que é certo, custe o que custar. «Conhece-te a ti mesmo»: a máxima gravada no Templo de Apolo em Delfos lembrava aos peregrinos de toda a Grécia que aquele que busca respostas para o seu destino deve começar a procurá-las dentro de si. Um trem que passa Na vida de todos nós passa um trem... ou vários. Um trem em que podemos subir ou que podemos deixar partir. O chefe da estação toca o sino. O maquinista apita. O vapor da locomotiva forma nuvens de fumaça, enevoando o ambiente. As rodas de ferro rangem e começam a girar lentamente. As pessoas despedem-se, acenando com lenços, e acompanham o movimento inicial da composição, que aumenta a marcha e, pouco a pouco, vence a inércia... Da plataforma, vê-se o trem afastar-se e diminuir de tamanho, rumo ao horizonte. Quem partiu nele, embarcou para uma aventura única e exclusiva. Já quem ficou, sente o vazio de não ter galgado os degraus da composição e sente sua alma rasgar-se na despedida. Não embarcou, deixou o trem partir... Quando passará o próximo? Talvez dentro de pouco tempo, talvez nunca. Nas páginas que seguem, narram-se algumas experiências de pessoas que não deixaram o trem partir. Descrevem-se, sempre que possível apoiado nos relatos dos próprios autores, as paisagens vitais que contemplaram durante a sua viagem e o destino das suas aventuras. Para subir no trem, todas essas pessoas – mulheres e homens – precisaram de determinação, coragem, espírito de aventura, audácia e juventude de alma.

    Livros inclusos no kit:

    Um trem que passa

    Conhece-te a ti mesmo

    Ficha técnica

    SKU11372
    AutorJosé Maria Rodriguez Ramos
    Páginas416
    ISBN9786586964998
    Formato14 x 21
    EditoraQuadrante Editora

    Avaliação dos usuários

    0,0 / 5,0 (0 avaliações )
    Avaliações
    Este produto ainda não foi avaliado. Seja o primeiro a avaliar!
    Avaliar
    Avaliação:
    Fale sobre
    o livro:
    ícone
    CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS EXCLUSIVAS