ícone de carregamento

HOME / Dora del Hoyo - Uma luz humilde e resplandecente

Dora del Hoyo - Uma luz humilde e resplandecente
Dora del Hoyo - Uma luz humilde e resplandecente Biografias 2336

Dora del Hoyo - Uma luz humilde e resplandecente

Bayo, Javier Medina Quadrante
0,0 / 5,0 (0 avaliações )

Descrição

Dora del Hoyo nasceu no interior da Espanha em 1914. Depois de cursar o ensino fundamental, começou ainda jovem a trabalhar como empregada doméstica. Em 1939, mudou-se para Madri, onde se destacou nessa profissão. Em 1946, pediu a sua admissão no Opus Dei: foi a primeira numerária auxiliar da Obra. Nesse mesmo ano, mudou-se para Roma. Com o seu trabalho escondido e a sua abnegação repleta de amor e Deus, foi uma ajuda inestimável para São Josemaria e para a expansão do Opus Dei pelo mundo.
São Josemaria sempre deu muito valor ao trabalho das suas filhas numerárias auxiliares, que se dedicam profissionalmente às tarefas do lar nos centros do Opus Dei. Explicava que esse trabalho constitui a “espinha dorsal” que sustenta todo o trabalho apostólico da Obra. E afirmava: “O trabalho do lar é de primeira importância. Aliás, todos os trabalhos podem ter a mesma qualidade sobrenatural. Não há tarefas grandes e pequenas: todas são grandes, se se fazem por amor” (Questões atuais do Cristianismo, 109).
Dora faleceu um dia antes de completar 90 anos. Morreu feliz e “jovem”, porque era uma mulher apaixonada: por Cristo, pela sua vocação e pelo seu trabalho, executado com o mais primoroso profissionalismo. Por isso, foi uma “luz acesa” para as pessoas que trabalharam ao seu lado, a quem ajudou sem alardes com o seu exemplo e com a transmissão dos seus conhecimentos, e continuará a sê-lo para aquelas que a descobrirem hoje.
+ descrição completa
Produto Físico
DE R$ 42,00

POR: R$ 37,80

Assinantes pagam: R$ 33,60. O que é isso?

Economize até R$ 8,40 (20%)

    Descrição do produto

    Dora del Hoyo nasceu no interior da Espanha em 1914. Depois de cursar o ensino fundamental, começou ainda jovem a trabalhar como empregada doméstica. Em 1939, mudou-se para Madri, onde se destacou nessa profissão. Em 1946, pediu a sua admissão no Opus Dei: foi a primeira numerária auxiliar da Obra. Nesse mesmo ano, mudou-se para Roma. Com o seu trabalho escondido e a sua abnegação repleta de amor e Deus, foi uma ajuda inestimável para São Josemaria e para a expansão do Opus Dei pelo mundo.
    São Josemaria sempre deu muito valor ao trabalho das suas filhas numerárias auxiliares, que se dedicam profissionalmente às tarefas do lar nos centros do Opus Dei. Explicava que esse trabalho constitui a “espinha dorsal” que sustenta todo o trabalho apostólico da Obra. E afirmava: “O trabalho do lar é de primeira importância. Aliás, todos os trabalhos podem ter a mesma qualidade sobrenatural. Não há tarefas grandes e pequenas: todas são grandes, se se fazem por amor” (Questões atuais do Cristianismo, 109).
    Dora faleceu um dia antes de completar 90 anos. Morreu feliz e “jovem”, porque era uma mulher apaixonada: por Cristo, pela sua vocação e pelo seu trabalho, executado com o mais primoroso profissionalismo. Por isso, foi uma “luz acesa” para as pessoas que trabalharam ao seu lado, a quem ajudou sem alardes com o seu exemplo e com a transmissão dos seus conhecimentos, e continuará a sê-lo para aquelas que a descobrirem hoje.

    Ficha técnica

    SKU2336
    AutorBayo, Javier Medina
    Edição1
    Páginas139
    ISBN9788574651606
    Formato19 X 13
    EditoraQuadrante

    Avaliação dos usuários

    0,0 / 5,0 (0 avaliações )
    Avaliações
    Este produto ainda não foi avaliado. Seja o primeiro a avaliar!
    Avaliar
    Avaliação:
    Fale sobre
    o livro:
    ícone
    CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS EXCLUSIVAS