ícone de carregamento

HOME / Trabalhar bem, trabalhar por amor

Trabalhar bem, trabalhar por amor
Trabalhar bem, trabalhar por amor São Josemaria Escrivá & Opus Dei 8660

Trabalhar bem, trabalhar por amor

López Díaz, Javier Quadrante
0,0 / 5,0 (0 avaliações )

Descrição

«Milhões de pessoas se dirigem a cada dia para o seu trabalho. Algumas vão a contragosto, como que obrigadas, a uma tarefa que não lhes interessa nem lhes agrada. Outras se importam apenas com o salário que receberão, e só isso lhes dá alento para trabalhar. Outras ainda encarnam o que Hannah Arendt chama de «animal laborans»: o trabalhador sem outro fim nem horizonte que o próprio trabalho ao qual a vida o destinou e que realiza por inclinação natural ou por costume. Acima de todas elas em humanidade se encontra a figura do «homo faber», o que trabalha com perspectivas mais amplas, com o afã de levar adiante uma empresa ou projeto, algumas vezes buscando a afirmação pessoal, mas outras muitas com a aspiração nobre de servir aos demais e de contribuir com o progresso da sociedade. «Entre estas últimas deveriam se encontrar os cristãos, e não apenas ocupando o primeiro lugar, mas sim um nível superior até. Porque se são cristãos de verdade, não se sentirão escravos nem assalariados, mas sim filhos de Deus para quem o trabalho é uma vocação e uma missão divina que se deve cumprir por amor e com amor».
+ descrição completa
Produto Físico
DE R$ 45,00

POR: R$ 34,90

Assinantes pagam: R$ 36,00. O que é isso?

Economize até R$ 9,00 (20%)

    Descrição do produto

    «Milhões de pessoas se dirigem a cada dia para o seu trabalho. Algumas vão a contragosto, como que obrigadas, a uma tarefa que não lhes interessa nem lhes agrada. Outras se importam apenas com o salário que receberão, e só isso lhes dá alento para trabalhar. Outras ainda encarnam o que Hannah Arendt chama de «animal laborans»: o trabalhador sem outro fim nem horizonte que o próprio trabalho ao qual a vida o destinou e que realiza por inclinação natural ou por costume. Acima de todas elas em humanidade se encontra a figura do «homo faber», o que trabalha com perspectivas mais amplas, com o afã de levar adiante uma empresa ou projeto, algumas vezes buscando a afirmação pessoal, mas outras muitas com a aspiração nobre de servir aos demais e de contribuir com o progresso da sociedade. «Entre estas últimas deveriam se encontrar os cristãos, e não apenas ocupando o primeiro lugar, mas sim um nível superior até. Porque se são cristãos de verdade, não se sentirão escravos nem assalariados, mas sim filhos de Deus para quem o trabalho é uma vocação e uma missão divina que se deve cumprir por amor e com amor».

    Ficha técnica

    SKU8660
    AutorLópez Díaz, Javier
    Edição1
    Páginas192
    ISBN9788574653464
    Formato21 X 14
    EditoraQuadrante

    Avaliação dos usuários

    0,0 / 5,0 (0 avaliações )
    Avaliações
    Este produto ainda não foi avaliado. Seja o primeiro a avaliar!
    Avaliar
    Avaliação:
    Fale sobre
    o livro:
    ícone
    CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS EXCLUSIVAS